Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Quinta-feira, 24 de Abril de 2008

Dou a volta ao sorriso!

 

(por um dia fui pastor)

 

 

 

DOU A VOLTA AO SORRISO…
Rogério Martins Simões
 
Meu amor ajuda-me a viver!
Massaja-me esta dor no peito!
Que triste é sentir-me sem jeito,
Sem asas para na sorte erguer…
 
Asas ou esperança quero ter,
Planando num adejo perfeito:
Meu amor ajuda-me a vencer,
O caminho que à luz espreito.
 
Ah! Se pudesse rir como ria.
Pudesse ser ainda mais forte.
Lançava os dados e tentaria,
Passar as fronteiras da sorte…
 
Com teu amor sorte não preciso!
Darei a volta ao meu sorriso.
 
Lisboa, 07-04-2008 22:09:14

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página
ano do poema: 7-4-2008
Notas: 3ª Fase
publicado por poetaromasi às 00:00
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Comentários:
De Milton Ribeiro a 10 de Abril de 2008 às 20:18
Fiquei longo tempo por aqui lendo o que podia. Fico muito feliz de ler novamente após este longa ausência sem justificativas.

Tenho planos de reativar nosso António Barbeiro. O que chas?

Grande abraço.
De Efigênia a 15 de Janeiro de 2009 às 01:06
Olá grande mestre Rogério, eu aqui de retorno, mais calada, pois ainda estou narcotizada com as maravilhas que vivi nestes quase 60 dias em Nwe York,. Belo seu Poema Sorriso, isso é viver, sonhar, amar, meus cumprimentos ao poeta, e a sua eterna musa Bete. Deixo este Libk para você me seguir, com admiração,Efigênia
http://poesiasefigeniacoutinho.blogspot.com/

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved