Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Domingo, 15 de Junho de 2008

Hora transparente

 

 

(Óleo sobre tela MODIGLIANE)

 

 

 

Hora Transparente
Efigênia Coutinho
 
 
Procuro  mil maneiras  ao teu sonho
 ajustar-me, o coração começa a ansiar...
na formosura dos teus abraços e beijos,
com que me dás na  matinal saudação
deixando  o peito palpitar de emoção!
 
Tudo é paz nesta hora transparente,
sendo melodia que nasce pura de nós
mesmos, e volteia entre brumas encantadas.
O corpo, enamorado  de nossas almas ...
Numa beleza horizontal de mundos quietos!
 
Contempla o céu, puro na explosão do
novo, a ressurreição misteriosa do bem
imenso, numa singular embriagues da
comunhão Universal  de todos os astros!
 Melodia dos pássaros líricos e dos Poetas!
 
 
Vislumbro o amanhã nascer, para sentir
o chão que tocamos de leve nossos pés
Há tanto tempo que caminhamos ao mesmo
lado, num ir continuo para cada vez mais
distante, onde os pensamentos se misturam!
 
 


 

salapoetas.jpg
 

www.PRchecker.infowww.PRchecker.info Poemas de amor e dor conteúdo da página
Notas: Para Daniel Cristal
publicado por poetaromasi às 00:04
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Comentários:
De poetaromasi a 15 de Junho de 2008 às 15:46
Por mim faria batota se pudesse. Gosto de amar e ser amado;
Como é belo o amor e como detesto o desamor.
Voltaria a nascer para percorrer em frémito o meu lindo amor.
Ai se pudesse faria batota e juntaria os amores impossíveis…
Até já, depois lhe escrevo.
Beijos do seu amigo,
Rogério

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved