Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008

Solidariedade onde estás?

 

 

 

Solidariedade, onde estás?
Rogério Martins Simões
 
Ai esta sensação
de solidariedade
Que marcou os meus sonhos;
Que me devolveu o alento,
E que finge
ou teima em tardar...
 
Pura ilusão!
Onde estás?
De que forma te revestes
Que, ainda,
não te consigo vislumbrar.
07-04-2008
 

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 19:06
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Comentários:
De Efigenia a 19 de Dezembro de 2008 às 19:43
Retorno ao seu Blog,onde ler Rogerio nos trás muitas voltas dentro da alma poeta. Verdade poeta,Onde anda a Solidariedade, justo voce que o tem ela para com todos que de sua pessoa estão próxiimos , eu sou a prova viva deste sentimento Solidaria de sua pessoa, e lhe serei terna e eternamente agradecida, é uma virtude que voce tem na alma, na carne, então lhe direi, creia nela sim.
Hoje neva aqui, já tem quase meio metro na rua, toda branquinha, e eu já tirei algumas fotos,pois estou deslumbrada com esses floquinhos branquinhos caindo do céu, é Deus na natureza, e eu agradeço por poder aqui estar. Me escreva neste e-mail que deixo aqui, assim poderei ir me comunicando com sua pessoa, beijos ternos na querida Bete , com amor, de New York,Efigenia
De Serena a 20 de Dezembro de 2008 às 00:40
Realmente a solidariedade está cada vez mais rara neste mundo tão desumano!
Mas ainda acredito muito na bondade das pessoas.
Um grande beijo e um fim de semana muito especial pra você.
De AnaMar a 20 de Dezembro de 2008 às 20:56
Passei para desejar Boas Festas e que 2009 traga mudanças de mentalidades.
Assim, talvez a solidariedade passe a ser uma constante
Abraços e beijinhos

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved