Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Teve mais de 3 milhões de visitas e mais de 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Domingo, 26 de Julho de 2009

Faluas do meu coração

 

(MESTRE REAL BORDALO)

 

 

 

 

faluas do meu coração
Rogério Martins Simões
 
Pior que as pedradas…
São as palavras calcadas…
Mais duras que as pedras:
Lisas ou encalhadas,
Nas silvas ou nas frestas;
Soltas ou entalhadas,
Nas sílabas ou nas festas…
 
 
Deram-me um saco de ruas,
Que ao abrir soltou as suas…
Deram-me o saco com pedras!
Para que não cegassem as luas,
Estendi sobre a fronte a mão,
Procurando entre as faluas,
A que me levasse o coração.
 
 
E era tão linda a caravela.
Que logo saltei para ela
Sem encalhar nas pedras…
E nesta nossa terna viagem
Deixámos reacender as luas:
Dispensámos a marinhagem
Unindo as minhas mãos às suas.
 
Lisboa, 28-05-2009 23:36:05
 
http://poemasdeamoredor.blogs.sapo.pt
(Registado no Ministério da Cultura
- Inspecção-Geral das Actividades Culturais I.G.A.C. –
Processo n.º 2079/09)

 

ano do poema: 2009
publicado por poetaromasi às 00:34
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved

www.PRchecker.info