Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

Sim está tudo certo - republicado

 

 

 

“Sim, está tudo certo.
Está tudo perfeitamente certo
O pior é que está tudo errado”
……
(Extracto de um poema de Fernando Pessoa, de 5/3/1935)
 
Sim!, está tudo certo…
Rogério Martins Simões
 
São proibidas as margens curtas…
As regras definidas...
Os computadores proibiram os versos!
Afinam as regras de mercado…
 
O teclado transformou o papel
Num papel ilustrado.
Esta vida é um burel,
Que me deixa prostrado.
Ainda, assim, continuo vivo
Nas palavras
Combinadas de azul:
De um azul sem rimar
Tingido de púrpura
Atingido de fel…
 
O plástico do teclado
Tem as letras apagadas,
Os números debotados,
Os cifrões… transfigurados…
As letras são, agora, percentagens.
Os pontos sociedades anónimas,
De rostos limitados…
Limitam o meu tempo.
 
Enfrento o computador…
O monitor não faz parte da poesia…
A poesia prefere as flores,
Entranhas,
Por onde perpassa a luz.
 
Hoje não há poesia!
 
Poderia tentar um poema de amor.
Amor não!
A dor é maior que as dores…
Só o canto me apaixona!
Só o canto me desencanta!
Amores e desamores
O meu não partiu!
 
Paro de bater no teclado!
Não sai nada…
Nada se viu!
Ando às cegas!
Que importa ver?
Se a fórmula diz tudo…
As regras são impostas.
Que importa saber
Se o jogo já começou…
 
Peito aberto!
 
E na ferida do meu peito
Deixo encoberto,
Na amargura e na dor,
Palavras que se soltam
De um computador…
 
“Sim está tudo certo
Está tudo perfeitamente certo
O pior é que está tudo errado”
 
Lisboa, 24 de Janeiro de 2007
(Registado no Ministério da Cultura
- Inspecção-Geral das Actividades Culturais I.G.A.C. –
Processo n.º 2079/09)
 
Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 23:16
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved