Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Teve mais de 3 milhões de visitas e mais de 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

Doravante

 

 

 

 

DORAVANTE
Rogério Martins Simões
 
Doravante, porque o destino encurta a distância do fim, tentarei negociar as noites trocadas de incerteza e os dias negros pela luz.
Doravante, quando as palavras anunciadas forem sorte, serei riso.
Doravante quando a ausência quebrar o silêncio, na espera, não te importes - tudo mudou.
Doravante não chamarei por ti, tu estarás presente.
Doravante, se continuares deitada num muro do invisível, querubins alados, visíveis aos olhos cegos, alisarão os meus cabelos.
Doravante nada mais serás que a parte visível da minha nudez…
Doravante viverás em mim e serás o destino imediato dos meus pensamentos.
Doravante estarás atenta às palavras desprezíveis que me incendiaram negativamente o coração.
Doravante dar-me-ás o puro mel da sabedoria para que na glória imortalize a tua essência.
Volta poesia! Dor sempre presente que quando ausente ainda dói mais.
20-09-2009 23:40:52
O direito de autor é reconhecido independentemente de registo, depósito ou qualquer outra formalidade (ver artigo 12.º). A titularidade está consagrada no artigo 11.º do CDADC Lei 16/08 de 1/4
(A registar no Ministério da Cultura
- Inspecção-Geral das Actividades Culturais I.G.A.C. –
Processo n.º 2079/09)
publicado por poetaromasi às 00:42
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved

www.PRchecker.info