Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Teve mais de 3 milhões de visitas e mais de 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Segunda-feira, 5 de Outubro de 2009

1000 sonetos AVSPE convite aos poetas

 

 

 

 

 

 

 

 



 

Efigênia Coutinho

Presidente Fundadora

Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores

 

www.avspe.eti.br/

 

Convida todos os poetas a participar neste evento “1000 SONETOS.

Tema livre.

 

Mande 5 sonetos escritos por si para:

 avspe.academia@gmail.com

 

Selo comemorativo 1000 SONETOS

Para todos que desejarem colocar em suas WEB

e fazer o Link da página abaixo

estão autorizados.

Efigênia Coutinho

Presidente Fundadora

 

 

www.avspe.eti.br/sonetos/indice.htm

 

E CONVIDE SEUS AMIGOS,,

envio até dia 30/10/2009

Efigênia Coutinho AVSPE

 

http://www.avspe.eti.br/sonetos/convite.htm

 

http://www.avspe.eti.br/sonetos/indice.htm

 

 

 

 

 



 

 Efigénia Coutinho

 

SINA
Efigênia Coutinho
 
 
A' tardinha quando Phebo já declina
ungida de ternura e suavidade, eu me
ponho a cismar, sem que me enfade,
na escravidão de amor, que é minha Sina!
 
 
E sobre o astro Sol, parece que reclina
um Deus soberbo da pagã Hellade...
outro não tem maior virilidade...
nem se iguala em graça masculina!
 
 
Então apresso-me a venerar seu vulto,
e, enquanto o coração repica o sino
meus lábios ofertam preces de culto!...
 
 
Sonhar assim é meu prazer supino,
e dentro deste templo vibro e exulto,
se devota de ti eu me imagino!...
 
 
Balneário Camboriú
27 - 2 - 2006...
 



 



 

Armando Figueiredo

 

 

 


Reencarnação
 
Daniel Cristal
 
 
Preciso de outro corpo que sustenha
o brilho da firmeza, tida outrora,
e que guarde esta alma com a senha
duma senda vivida nesta hora...
 
Preciso de emigrar, de transumância,
de nova encarnação num outro corpo,
porque este já não firma a elegância,
e a um fácil desafio cai de borco.
 
Preciso de dizer um obrigado
a todo o amigo-companheiro,
e despedir-me assim do ser amado...
 
Irei voltar na forma de um obreiro
que continua a obra inacabada,
recordando a senha decorada.
 
2007.Portugal
 
 

 



 

 

Rogério Simões

 

Meco 2009

 

 

SOFRER POR AMOR
Rogério Martins Simões
 
Sofrer por amor é dor que arde.
Na carne, essa dor, será mais sofrida.
Sofrer por amor não se retarde,
Mais tarde essa dor será mais sentida.
 
 
Não há dor que por prazer se guarde.
Guardo a felicidade que levo da vida!
Mas se essa dor chegar mais tarde,
Se tarde e guarde para depois da ida.
 
 
E se Deus quiser que morra de amor,
Me leve desta vida em primeiro lugar,
Prefiro morrer que viver nessa dor.
 
 
Perguntem à alma se prefere ficar.
Decerto irá dizer ao corpo que não.
Então, subitamente, que pare o coração.
21/04/2005

 

publicado por poetaromasi às 22:10
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved

www.PRchecker.info