Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010

Fénix - republicado

 

 

 

 

 

Fénix
Rogério Martins Simões
 
Nestes dias
que passam, a correr,
sem sentir.
Nestes pedaços
de tempo velho
a renascer,
Reaparece a vida:
Nas folhas novas a nascer.
Nas flores lindas por abrir.
Porém,
tudo se acaba por varrer;
todos acabamos por sofrer,
pelo que há-de vir.
E eu que nada sei,
Por nada ser:
Em cinzas irei partir,
e, das cinzas renascer...
 
1/08/2004
 
(Registado no Ministério da Cultura
Inspecção-Geral das Actividades Culturais I.G.A.C.
Processo n.º 2079/09)
Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 13:41
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Comentários:
De Maria Clarinda a 17 de Fevereiro de 2010 às 20:16
Lindo o poema e a foto, adorei andar pelo teu blog. Jhs
De poetaromasi a 5 de Março de 2010 às 00:20
Obrigado Clarinda,
De Sónia Costa Campos a 19 de Fevereiro de 2010 às 02:12
Olá, bonitos textos, parabéns.

Criei um grupo no Facebook para juntarmos e divulgarmos todos os poetas portugueses, chamei-lhe Clube dos Poetas Loucos, preciso de ajuda para a divulgação: http://www.facebook.com/group.php?gid=10150099732075121&ref=mf

Obrigada,
Sónia Costa Campos
De poetaromasi a 5 de Março de 2010 às 00:23
Para ser louco nem é preciso escrever poesia.
Loucura que nos faz loucos é ver que nos querem todos loucos. Quem? os loucos!!!!
De vieira calado a 19 de Maio de 2010 às 15:56
Ora aqui está

outro interessante blog

que eu não conhecia!

Saudações poéticas

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved