Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Teve mais de 3 milhões de visitas e mais de 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Quinta-feira, 4 de Novembro de 2010

Segredo desvendado

 

 

 

 

SEGREDO DESVENDADO!

Rogério Martins Simões

 

De noite, em segredo, ia pró mar

Deitava-se nua, maldição, a esperar

Por seu amante com olhos de jade.

Por certo, ela tinha mão na morte,

Que por ciúmes perderam o norte:

A chuva, o vento e a tempestade.

 

Assim, eram amantes no desassombro,

Soprando os cabelos do seu ombro,

Voavam, e cobriam-lhe o rosto...

Mas o luar descobre namorados...

Afagou os seus cabelos doirados,

Em lua cheia, no mês de Agosto.

 

A terra tremeu no desassossego.

A lua escondeu, voltou o sossego,

E voltaram as estrelas ao Chiado.

Então: todos os poetas foram ver

Que a noite lhes queria esconder

A, linda, Severa cantando o fado.

Lisboa, 01-11-2010 22:08:28

 

Direitos reservados

O direito de autor é reconhecido independentemente de registo, depósito ou qualquer outra formalidade (ver artigo 12.º). A titularidade está consagrada no artigo 11.º do CDADC Lei 16/08 de 1/4

(A registar no Ministério da Cultura

- Inspecção-Geral das Actividades Culturais I.G.A.C. –

Processo n.º 2079/09)

 

 

 


 

publicado por poetaromasi às 21:29
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |
Comentários:
De pesquisei a 4 de Novembro de 2010 às 22:26
Belos poemas, talentos artisticos sao especiais parabens pelo seu blog.
De poetaporkedeusker a 5 de Novembro de 2010 às 16:25
Meu amigo, essa sua declaração de direitos de autor é um bocadinho utópica, não é? Peço desculpa. Estou a brincar e pode levar-me a mal... em resumo; também é a minha! Com excepção de alguns sonetos registados na SPA e na IGAC, os quase mil poemas meus que navegam por aí, contam apenas com a minha - ainda - fé nos homens... e vai ser assim enquanto eu viver... mesmo que a fé nos homens se evaporasse, restar-me-ia esta teimosia e a absoluta necessidade de os escrever.
Um grande abraço e que tudo esteja bem consigo!


Maria João Brito de Sousa
De poetaromasi a 5 de Novembro de 2010 às 23:12
Poetisa, muito obrigado,
Pois tem toda a razão. Os seus e os meus poemas certamente já foram plagiados. Ainda ontem vi um poema numa página de uma figura pública que colocou autor desconhecido a parte de poema de Pessoa.
A colocação aqui do registo ou da Lei, que de facto no papel protege e reconhece o autor, não passa de expressar o desejo para que ao copiarem o poema coloquem o seu autor. Comigo já dei conta de milhares de plágios ou de esquecimentos de autor. Nem por isso decidi abandonar aqueles que gostam da minha poesia.
Pelo que leio, a amiga, também edita livremente a sua poesia. Afinal… somos poetas e é tão só poesia.
Obrigado
Rogério
De lembranças de formatura a 3 de Novembro de 2011 às 15:13
Nossa legual bem romantico estes poemas.

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved

www.PRchecker.info