Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2011

Herança

 

(Foto encontrada no Facebook)

 

 

 

 

HERANÇA

Rogério Martins Simões

 

Perto da minha casa

Existem outras casas

E essas casas não são minhas.

 

Perto das casas vizinhas

Existem outras casas

Que são iguais à minha.

 

A minha casa tem portas

Tem janelas.

Pelas janelas entra o sol.

Pelas janelas entra o luar

Pelas janelas vem o vento!

Na minha casa

nem as portas são minhas!

 

À porta da casa,

que nunca será minha,

estará uma sombra

que terás de libertar…

Abre o estore

Abre a janela

e deixem-na partir…

Meco, Praia das Bicas, 16-06-2010 1:06:04

 

 

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 00:15
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Comentários:
De ISABEL MARIA D. T. MARTINS a 10 de Janeiro de 2011 às 23:31
Como é linda e doce a sua pesia, nunca me deito sem ler alguma coisa primeiro. Acalma e deixa-me mais apaixonada pela vida.Tenho pena de só agora ter tido acesso a tudo pela internet.E quanto a D.Bete ADORO as suas telas são lindas. Voces completam-se não haja dúvida. Cumprimentos da s vizinha do Meco mãe do Fernando. Tenho saudades vossas.obrigado pela felicidade que sinto. LITA
De poetaromasi a 6 de Fevereiro de 2011 às 23:15
Amiga Lita, muito obrigado pelas suas palavras de apreço à minha poesia e às telas da Bete. Que sorte tenho de vos ter às vezes aqui, no Meco, mesmo ao nosso lado. Um abraço para marido e filho e que Deus abençoe os nossos netos.

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved