Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Teve mais de 3 milhões de visitas e mais de 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Segunda-feira, 31 de Julho de 2006

Natureza morta...

 

 

 

NATUREZA...MORTA
(romasi)
 
Tudo é deserto...
Ninguém
Vivalma…
E tudo me rodeia.
Além, um cantar:
A presença de um ser belo
Mas, todavia, insignificante,
Entra por meu ouvido
E perde-se na natureza.
 
Oh! Como o vento assobia
E nos faz tremer de frio!
Lá em baixo, no rio,
Um peixe salta das águas:
Talvez pule de contente!?
Talvez fuja do peixe maior
Que tenta cumprir a lei do mais forte.
 
Mas de novo o silêncio
Na natureza tudo pára:
As aves deixam de cantar
O vento já não sopra
Tudo pára para escutar
O barulho de marcha
E de um tambor a rufar.
 
Lá no rio,
Um barco esguio
Indica uma presença!
O cantar dos passarinhos
É agora um lamento
Do constante sofrimento
De quantos se batem no chão!
Aí, onde outrora flores cresciam,
Passam soldados em massa
Que horror, que desgraça!
A beleza
Muda
 Violada
Agora tudo é tristeza
E o barulho que percorre a serra
É um som terrível
Agoiro
É a guerra!
 
11/7/1968

 

ano do poema: 1968
publicado por poetaromasi às 23:58
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |
Comentários:
De Amanda a 10 de Novembro de 2008 às 22:06
data: 2006-06-11 15:26:50
Amannda amanndacarmona@hotmail.com
escreveu:

amei o site!!! vocês estão de parabéns!!!
bjooo

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved

www.PRchecker.info