Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Sexta-feira, 23 de Setembro de 2011

DEAMBULAÇÕES

 

DEAMBULAÇÕES

Rogério Martins Simões

 

Avanço para a estrada que me vai levar…

 

A estrada que piso, e que nunca foi estrada,

É o meu caminho estreito, pisado…

Magoado

Mesmo no centro do universo.

 

Arranco de um lugar vazio

Que me leva sem fim à vista.

Avisto outro caminhante:

A sombra deste instante

Que comigo ensaia um verso.

 

A felicidade é um instante!

A amargura é uma eternidade!

Adiante!

 

Um cão abandonado sai do lixo

Fareja as minhas pernas

E segue o seu caminho.

Pensava que estava sozinho

Neste universo das palavras…

Que palavras teria ele para me contar?

Quem o terá abandonado?

Por que não ladrou,

Quando me encontrou,

O pobre do bicho?

Prossigo o meu caminho

Devagarinho!


De que lado está o sol?

Amanhã irá chover. Agora, não!


Meco, 14-08-2011 17:53:29

 

 

 

 

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 18:18
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Comentários:
De Anónimo a 23 de Setembro de 2011 às 18:36
Adorei os poemas , tal como a musica , estão ambos muito giros ! Excelente blog . Parabéns !

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved