Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Terça-feira, 20 de Junho de 2006

Wiriamu

(foto NGeographic)

Wiriamu

Romasi

 

Ficaste pelo caminho…

Aldeia de tantos anos

Teus homens

Donos de bocados de mato

Perderam-se na picada

Fora de pé

Entre a terra

E as chamas do napalme

Ficaste pelo pescoço,

Nas covas que tu mesmo abriste

Cortaram-te as goelas

Liberdade

E tu aldeia de tantos anos

Não mais terás cobras

Mordendo os teus rebanhos…

 

10/1974

Poemas de amor e dor conteúdo da página
ano do poema: 1974
publicado por poetaromasi às 22:36
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Comentários:
De batista filho a 25 de Junho de 2006 às 02:47
Estás vendo, amigo? - esse espaço é espaço de benquerenças. Exemplo disso, esse belo duo.
Deixo o meu abraço fraterno.
De Codemu a 22 de Junho de 2006 às 11:42
Venho aqui agradecer a visita e o comentário. Desistir não, emborao pensamento de apagar o blog já me tenha ocorrido e não tenha de facto afastado essa ideia por completo. Neste momento e então com o que acontece a cada dia, mais vontade tenho em não voltar a escrever, a escrever certas coisas. Vou deixar passar mais tempo e ver o que acontece. No entanto, o meu obrigado pelo apoio demonstrado. Já tinha vindo cá algumas vezes, para ler. De facto é muito bom e deixo ficar os meus parabéns, por ter voltado a escrever.

Obrigado pelo link. Codemu
De Antonio Manuel Rodrigues mendes a 10 de Novembro de 2008 às 22:10
5 data: 2006-06-20 09:13:40
( / sem homepage) escreveu:

Caro Poeta!
Parabéns adoro seus poemas!
Um abraço deste amigo....A.M.
De Karina a 10 de Novembro de 2008 às 22:13
data: 2006-06-27 16:25:29
Karina ( Karlight@gmail.com/ sem homepage) escreveu:

Adorei muito todos os poemas...

Rogério continua!

Beijo
De Gllória Guedes a 10 de Novembro de 2008 às 22:15
7 data: 2006-06-27 23:01:45
Gloria Guedes ( / ) escreveu:

Olá meu amigo Rogério. Quanto tempo não nos "víamos". Vim hoje ler seus poemas e deixar meu carinho em seu livro de visitas. Obrigada pela agradável surpresa de sua visita hoje ao meu site.
Pensei que você tinha me esquecido, rsrs.
Um abraço para você desde Brasil. Gloria Guedes
De Arlete Piedade-Fada das Letras a 10 de Novembro de 2008 às 22:19
12 data: 2006-07-10 22:10:59
Arlete Piedade-Fada das Letras ( fadadasletras@yahoo.com.br / http://www.mundopoeta.net/fadadasletras) escreveu:

Estou a adorar ver o seu blog e os seus poemas que já tenho visto no Dono da Loja, assim como as suas mensagens. Quando da próxima ciranda, não me esquecerei de si. Com amizade da Fada das Letras

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved