Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007

Farto, farto, farto...

(Alfama 2007)

FARTO, FARTO, FARTO…

Rogério Simões

 

Aquela nuvem que dali me olha

O mar que dali me banha

Este sol que acolá me queima

Esta vinha que aqui me trás…

E a asma que aqui me tosse

Este cancro que aqui nos mata

Esta vida que aqui me fala

Os homens que dali me mentem…

Esta gente que daqui avisto

Nesta luta que acolá começa…

Este mau estar!

Farto de tudo

Este estar…

Cheio de promessa…

 

25/07/1976

ano do poema: 1976
publicado por poetaromasi às 22:46
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |
Comentários:
De Paula Raposo a 9 de Janeiro de 2007 às 13:19
Extremamente triste!! Demais! Beijos.
De josé couto a 10 de Novembro de 2008 às 23:24
48 data: 2007-01-02 18:49:56
José Couto ( ze.couto@sapo.pt / sem homepage) escreveu:

Simplesmente Maravilhoso,gostei muito.
De josé couto alves grenho a 24 de Março de 2013 às 14:59
Que sejam felizes aqueles que amam.Que o amor seja o fruto ,nao de uma casionalidade, mas de uma felicidade
Que as dificuldades da vida , sejam vencidas, por um amor forte e sém compléxos. Que os complexos sejam substituidos por uma paixao , tao grande, como s'o uma vez se sente.Sentir uma grande paixao ,é sentirmos muito pequenino ,o nosso coraçao.O coraçao odeia e ama, odiàr nao é bém nao pois quém odeia nao ama o seu coraçao.Para todos os Viameanenses de outro que também o é .José GRENHO
De Lia a 10 de Novembro de 2008 às 23:26
49 data: 2007-01-03 00:09:57
Lia ( lila_marques1@sapo.pt / sem homepage) escreveu:

Acidentalmente encontrei Poemas de Amor e Dor, poemas interessantes, invejo a postura nada egoísta da partilha da palavra, algo que ainda não consigo fazer!
Parabéns pela partilha!
Lia

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved

www.PRchecker.info