Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Teve mais de 3 milhões de visitas e mais de 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Sexta-feira, 16 de Fevereiro de 2007

MEU CHÃO

(MEU CHÃO ÉS TU, MEU LINDO AMOR)

(Óleo sobre tela da minha linda companheira Elisabete Sombreireiro Palma)

 

MEU CHÃO

Rogério Martins Simões

(mote - meu chão)

 

Soltei meu versos, asas de condor,

Paixão não rima com dor

Meu chão és tu, meu lindo amor

 

Tenha a mão presa num cordel

Parkinson só rima com dor

Meu chão és tu, meu lindo amor

 

Tombei, caí, senti o chão…

Que seria de mim sem tua mão

Meu chão és tu, meu lindo amor

 

Agarro o verde esperança de papel

Ando nas cores arco-íris dum pincel

Compaixão?

Meu chão és tu, meu lindo amor.

 

Soltaste minha corda, minha mão

Ao peito a levaste em oração

Meu chão?

Meu chão é teu chão oh lindo amor!

 

Lisboa, 15-02-2007 23:59

(Escrito agora para a ciranda Poetrix “Meu Chão”)


ano do poema: 2007
publicado por poetaromasi às 23:21
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved

www.PRchecker.info