Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Teve mais de 3 milhões de visitas e mais de 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Quarta-feira, 16 de Maio de 2007

DANIEL CRISTAL

(ARMANDO FIGUEIREDO)

 

 

 

Terei muito gosto e sentir-me-ei honrado pelo facto, se colocar 5 poemas em seu excelente Blog.

.

Um abraço,

Daniel Cristal

Poema de amor e dor, de Rogério Martins Simões, tem o orgulho e a felicidade de divulgar, com a devida autorização do seu autor, 5 poemas de um Poeta Maior de língua Portuguesa – ARMANDO FIGUEIREDO, que assina a sua poesia como DANIEL CRISTAL.

Ter poemas deste talentoso sonetista; deste enorme e esquecido poeta português neste meu humilde livro de poesia, é para mim um dos momentos mais importantes da história deste blog.

(NOTA)

Recebi uma nova mensagem, destes dois poetas amigos, concedendo-me autorização para editar dois novos e belos poemas. Por este motivo reedito este post para preparar o momento em que colocarei os dois magníficos poemas.

Finalmente, quero agradecer a estes dois poetas terem recebido e concedido valor à minha poesia. Desde 2004 que a página brasileira da ACADEMIA VIRTUAL SALA DOS POETAS E ESCRITORES, que pertence à poetisa Efigénia Coutinho, divulga a minha poesia. Saliento o facto de esta página ser das mais acedidas no Brasil e ter no seu seio grandes poetas portugueses e brasileiros a título gratuito

HONRA E GLÓRIA AOS GRANDES POETAS

Um beijo a Efigénia Coutinho e grande abraço ao poeta Daniel Cristal

 

 

 

(Poetisa Efigénia Coutinho)

EFIGÊNIA COUTINHO
Daniel Cristal


Do céu veio esta bênção, cheia de azul carinhoso,
e todo o horizonte esbelto se incendiou;
toda a musa parou, nenhuma mais ficou,
a não ser esta deusa dada ao seu gozo:

Ao gozo do prazer celeste, nada mais,
ao êxtase do amor mais puro que a vida;
penso até que a morte foi a pena erguida
para purificar a alma destes nossos ais...

E assim nos levou nas asas de uma pomba,
ou melhor: foi um arcanjo belo quem levou
as nossas almas plenas e as manejou
até às mãos de Deus, que, nunca, do amor zomba.

Nos teus olhos de azul, do azul mais brilhante
juntou-se o meu cristal ao puro diamante.

17.11.2005

 

 

O NÉCTAR

Daniel Cristal

 

Lembro-me que havia vento, e a cortina

movia-se como folha de videira;

era asa de seda à nossa beira

e eu co' a tua imagem na retina...

 

E também havia o som que encanta a dança;

abraçado ao amor, o nosso passo

dançava o acorde desse laço

que ata o coração e o amansa.

 

E foi assim p'ra toda a eternidade:

o vento a afagar o cair da parra,

a asa a transpor o cais da nossa barra

e a retina a amar-te a identidade...

 

E mais ainda: foi o néctar desse mosto

que embriagou a vida ao nosso gosto.

 

2007.Portugal

 

 

 

POETA É
Daniel Cristal

Poeta é quem me lê, é quem me sente;
Poeta é quem se emociona e se extasia
Com a poesia mais pura, a Harmonia
Da existência da hora florescente.

Poeta é quem me sente, quem existe
Como eu a aprender, ou decifrar
Sinais no Holomundo, crendo amar
O que, em todos nós, com Amor persiste.

Poeta sou eu, és tu, quem me elogia,
Somos nós, todos, Poetas, bem unidos,
E esta união é ubíqua em qualquer dia;

Poetas somos, agora e ternamente,
És tu, sou eu e ele, bem ungidos
Por Deus para amar tudo o que sente.

21.10.2004

 

 

 

O MEU CORAÇÃO DANÇA
Daniel Cristal

Hoje o meu coração baila alegre
e vive de contente este instante
em que o teu rosto traz a luz bastante
para iluminar todo o nosso albergue

É uma flor ao sabor do Sol radioso
um girassol de cor na minha rota
beleza a transpor a simples nota
duma outra partitura e outro gozo

Quando tira o véu descobre o xaile
o céu fica sem nuvem rodopia
a alegria da pelugem deste dia
e tudo nos convida ao eterno baile

Há som no tom que nos fulmina
e Cupido no ar com a sua lança
mas até o deus entra na dança
porque Zeus também tem a mesma sina.

2007.Portugal

 

ANDRÓMEDA E TESEU

Daniel Cristal

 

 

Perdi-me neste mar da imensidão...

Perdi-me numa noite! Quem me acode?

Quem me dá a sua mão ou a ilusão

de encontrar uma estrela numa ode?

 

Da palavra ao gesto, use a bússola,

perscrute o espaço de angústia,

descubra a Cassiopeia, a Menor Ursa,

ou a Estrela Polar, a estrela augusta.

 

Mude o rumo e espere a alvorada,

a aurora boreal ou a austral!

Vai nascer uma nova madrugada

com uma outra potência magistral.

 

Se a angústia persistir, palpite ainda

a Estrela da Manhã, ou, em nova sonda

o Cruzeiro do Sul, pois nunca finda

a beleza do Amor...E não se esconda!

 

Não se esconda no incerto deambular

a paixão de Andrómeda e Teseu;

não se esconda da luz, ela é polar,

e norteia ao inverso, tu e eu.

 

2007.Portugal

Todos os direitos reservados
ao poeta

Copyright©ArmandoFigueiredo

 


AQUI –BIOGRAFIA DO POETA

AQUI -Poemas escritos e declamados por Daniel Cristal



DEIXE UMA MENSAGEM PARA DANIEL CRISTAL



 

 

ano do poema: DANIEL CRISTAL
publicado por poetaromasi às 00:28
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |
Comentários:
De Efigênia Coutinho a 13 de Abril de 2007 às 01:47
Querido e muito estimado poeta Rogério, já aqui nos conhecemos a alguns anos, e não conseguimos precisar o momento em que a amizade vai se formando, criando laços de ternura, pois convivemos dentro do mesmo espaço que é a poesia.
Hoje o poeta arrancou lágrimas do meu coração, ao receber esta homenagem ao nosso Grande mestre Daniel Cristal.
Você me fez recordar o dia que me enviou o poema que seu pai escreveu, já com uma idade avançada, e a minha emoção em ler, foi tanta que o editei na hora, desejando que ele visse e se sentisse feliz, isso é vida compartilhada, onde temos o lema da fraternidade. Obrigada, com afeto, Efigênia
De poetaromasi a 13 de Abril de 2007 às 02:06
Poetisa Efigénia Coutinho

Quando decidi colocar aqui esta justíssima homenagem ao talento universal Armando Figueiredo, até me esqueci da gratidão que tenho para com Daniel Cristal e Efigénia Coutinho na aceitação e divulgação da minha poesia. Mas isso são outras contas.
Quero dizer-lhe que também, sem ele saber, criei sonetos tendo-o como mestre. Nestes 3 anos que vos tenho como poetas e amigos muito aprendi convosco. Mas isso não vale hoje, aqui.
DANIEL CRISTAL é para mim, humilde poeta com 57 anos de idade, um dos maiores poetas vivos de Portugal. Não é justo que não se conheça tão grande poeta e não só. Acredito que Daniel Cristal, ou melhor Armando Figueiredo será recordado como um dos maiores sonetistas de sempre.
E se um dia eu seja lembrado como aquele humilde poeta e seu conterrâneo que o deu a conhecer em Portugal já ficarei feliz, onde quer que eu esteja…
Para os portugueses que o não conhecem procurem no Google porque o poeta Daniel Cristal é grande em muitos lados – Brasil por exemplo, e esquecido na sua Pátria.
Saudades
Rogério Martins Simões
De Paula Raposo a 20 de Abril de 2007 às 09:17
Alguns poemas deixam-me sem palavras. Gostei de conhecer o Poeta que aqui compartilhas. Muitos beijos a ambos.
De CC a 16 de Maio de 2007 às 22:23
Olá.
Passei para fazer uma pequena visita e adorei tudo o que li. Os meus sinceros parabéns ao poeta Rogério Simões (criador deste blog) pelos seus poemas fabulosos. E parabéns ao poeta Daniel Cristal pelos seus poemas, que nos enchem a alma e alimentam o espírito deixando-nos sem palavras a cada palavra que lê-mos.
Muitos parabéns e vou voltar mais vezes.

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved

www.PRchecker.info