Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Segunda-feira, 16 de Julho de 2007

A luz dos teus olhos

 

 

A LUZ DOS TEUS OLHOS

Efigênia Coutinho

 

 

Percebo, Luz dos teus olhos, quando falas

Há um baque d"emoção quando te vejo:

É o sonho que acalenta a noite e conforta.

O olhar dos olhos que acaricia com as mãos!

 

Lá fora a ventania rodopia numa dança de folhas,

deixando em nós a volúpia de quem sente Amor.

Os braços abertos para o Universo, cantarolando

a vida, porque a vida é novo Futurecer em cada dia!

 

Mesmo espremida de Saudades, que desejos me

vem de Amar mais! Prisioneira e feliz, sem quebrar

o encantamento, leva meu canto num fio de Luz!...

 

O canto vocifera, são litanias pelo inverno

deixando sonhos que envolvem teu olhar pleno.

ao esplendor duma melodiosa cantinela....

 

Balneário Camboriú

2007

 



 

A BELEZA DA VIDA
Efigênia Coutinho
  Dedicado a todos pela passagem do meu Aniversario

 

A beleza da vida, não depende
da quantidade das flores recebidas
mas sim do seu aroma que vai colorindo
de Felicidade transmitida por cada um
dos amigos aqui presentes ao presente dia!
·



Assim é a Felicidade, uma variedade
de muitos momentos que colhemos ao
longo desta passagem chamada Vida!
Pequenos gestos tornam-se grandiosos
diante da grandiosidade de vossos corações!


A vida fica melhor quando se tem bons amigos
para compartilhar e celebrar a própria vida com
suas realizações e suas alegrias, sonhos e felicidades.


OBRIGADA A TODOS VOCÊS QUE FESTEJARAM
AO MEU LADO ESTE DIA 15 - 07 - 2007
Efigênia Coutinho

 

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página
ano do poema: EFIGÉNIA COUTINHO
publicado por poetaromasi às 00:00
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved