Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Terça-feira, 24 de Outubro de 2006

agradecimento

(foto Padre Pedro - Pampilhosa da Serra)

 

Agradeço a todos a vossa presença e a todos aqueles que deixaram comentários.

Foram e são os que me visitam a razão para continuar.

Gosto de sonhar;

porque o sonho convertido em poemas

dá luz ao pensamento.

Eram assim, os meus poemas, quando noite fora os libertava…

A lua é a minha companheira e conhece de cor esses poemas.

Hoje conservo aqueles que apoiastes desde 2004, e alguns, poucos, que amigos e familiares me reproduziram.

Por tudo isto, e porque é noite, sou um viajante noctívago.

Amanhã, acordarei fatigado

e na confusão dos corpos cansados,

dos transportes apinhados,

retomarei a rotina que a sorte e o destino me deram.

Tudo isto para vos dizer obrigado

Rogério Simões

www.PRchecker.infowww.PRchecker.info Poemas de amor e dor conteúdo da página
ano do poema: TEXTO 2006
publicado por poetaromasi às 21:52
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Comentários:
De Henriques a 10 de Novembro de 2008 às 23:10
38 data: 2006-10-20 15:10:06
Henriques ( abilio_henriques@hotmail.com / sem homepage) escreveu:

Muito bom ter encalhado nesta rua ,belo ,p´ra alimentar a alma.


henriques
De Célia Regina Cabral Barbosa a 10 de Novembro de 2008 às 23:12
39 data: 2006-10-23 02:25:48
Célia Regina Cabral Barbosa ( celiacabrall@gmail.com / sem homepage) escreveu:

Tudo simplesmente lindo...parabéns.
De Zilene a 10 de Novembro de 2008 às 23:13
40 data: 2006-10-24 02:51:56
zilene ( zilene.gonzaga@uol.com.br / sem homepage) escreveu:

São maravilhosos os Poemas....
Passei aqui e li tantos que fiquei entorpecida de prazer e ao mesmo tempo com uma imensa nostalgia......

Felicidades
De Igor a 10 de Novembro de 2008 às 23:15
41 data: 2006-10-26 18:48:54
igor ( igorvalter@hotmail.com / sem homepage) escreveu:

acho muito bonito
De andrea a 10 de Novembro de 2008 às 23:17
42 data: 2006-10-28 14:24:07
deia ( andreasouzapereira@hotmail.com / sem homepage) escreveu:

a vida sem uma pitada de poesia, e um caos total,
nao e vida e morte.

Comentar post

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved