Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Segunda-feira, 16 de Agosto de 2010

Dorme! Dorme! Dorme...

 

(CEZANNE)

 

 

DORME! DORME! DORME…

Rogério Martins Simões

Se me vires subir aos cabelos da lua,

E derramar malmequeres à janela,

não esqueças: que a noite foi mais tua..

Dorme descansada que durmo sem ela.

Lá fora, do lado de dentro estás nua,

onde a noite te habita estás tu mais ela,

meu sémen que grita, se agita e flutua,

ficou encalhado num barco sem vela…

Noite agitada que o meu corpo enviúva…

Sem asas voavas no cavalo de chuva.

A chuva cai e o teu silêncio é disforme…

E se a noite dorme sem adormecer,

mesmo que tu acordes não me irás ver...

Dorme! Dorme! Dorme! Dorme…

Meco, 15-08-2010 20:29:07

Rectificado e concluído 20-09-2010 16:58:50

www.PRchecker.infowww.PRchecker.info Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 13:30
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2009

Trem azul

(CEZANNE) TREM AZUL Rogério Martins Simões Continuadamente desço… Continuadamente subo… Andas? ...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:03
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

Sei lá

CEZANNE SEI LÁ Rogério Martins Simões Romasi Sei lá como esquecer-te?! Poderá alguém esquecer Quando não se...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 22:46
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 15 de Abril de 2009

Hoje o cobertor...

Hoje o cobertor Romasi Hoje o cobertor Dá-me bafos de calor: Numa viragem à loucura! Na perdição do nada. Numa ...

Ler artigo
ano do poema: 1974
Notas: POEMAS ANTIGOS
publicado por poetaromasi às 00:00
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 14 de Abril de 2009

Escrever ou parar?

CEZANNE Escrever ou parar Romasi Esta é a nova ode poética Que não quero recomeçar: Se começo não acabo E ...

Ler artigo
ano do poema: 1975
Notas: POEMAS ANTIGOS
publicado por poetaromasi às 23:36
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 30 de Março de 2009

Palavras mortas

(Óleo sobre tela CEZANNE) PALAVRAS MORTAS Rogério Martins Simões Ginete enigmático. Corcel das alturas desp...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 20:34
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Domingo, 26 de Outubro de 2008

Quando o dia chegar

(CEZANNE) Quando o dia chegar Rogério Martins Simões Quando o dia chegar E eu partir em viagem… Quando a...

Ler artigo
ano do poema: Notícias sobre PARKINSON
publicado por poetaromasi às 22:34
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 19 de Junho de 2008

A Poesia é Eterna

(CEZANNE) A POESIA É ETERNA Rogério Martins Simões Às vezes fico para aqui a pensar... Como a poesia é eterna...

Ler artigo
ano do poema: 2004
publicado por poetaromasi às 18:33
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

Ando para aqui sem se...

(Óleo sobre tela CEZANNE) ANDO PARA AQUI SEM SENTIDO Rogério Martins Simões Ando por aqui sem sentido - mei...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:44
link do post | favorito
 O que é? |  O que é?

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved