Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Teve mais de 3 milhões de visitas e mais de 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Domingo, 13 de Maio de 2007

FÁTIMA

 

 

 

FÁTIMA

Rogério Martins Simões

 

Acendemos as velas da penitência

Que ardem no meio das chamas

Acalmando a nossa consciência

Tanto sofrimento; tantos dramas

 

O sofrimento esbate a clarividência

Por um milagre esperas e clamas

Perdida a esperança na ciência

Resta a fé e Deus que tanto amas…

 

E se milagres da fé, na fé se derem

Coxos a correrem e os cegos a verem

Logo ali  prometemos voltar…

 

Pisaremos descalços com um sorriso

Estradas, caminhos… o que for preciso

E regressamos a Fátima para rezar.

13-02-2004 18:35:46

 

ano do poema: 2004
publicado por poetaromasi às 00:00
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (1) | favorito
 O que é? |
Sexta-feira, 13 de Outubro de 2006

TAIZÉ

TAIZÉ Rogério Simões Ontem olhei o céu Estava diferente... Vi uma nova estrela reluzente Indicando o caminho do amor....

Ler artigo
ano do poema: 2005
publicado por poetaromasi às 20:06
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 30 de Agosto de 2006

Derradeira oração

A derradeira oração marca uma época da minha vida. A guerra colonial estava a marcar profundamente a minha juve...

Ler artigo
ano do poema: 1998
publicado por poetaromasi às 22:18
link do post | favorito
 O que é? |
Sábado, 17 de Setembro de 2005

João Paulo II

(National Geographic Photos) João Paulo II (Rogério Simões) Falavas de mansinho Tolhido de dores (O corpo já pe...

Ler artigo
ano do poema: 2005
publicado por poetaromasi às 19:48
link do post | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 6 de Abril de 2005

Contraste nº 1

Ex-Votos (Nossa Senhora da Atalaia, Portugal) 1962 a 2008. 46 anos a escrever e a rasgar poesia Já escrevi nes...

Ler artigo
ano do poema: 1968
Notas: 1ª fase poética
publicado por poetaromasi às 22:59
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (1) | favorito
 O que é? |
Sábado, 2 de Abril de 2005

Reencontro

REENCONTRO Rogério Martins Simões Subi a montanha A Tua montanha Senhor Pura é a água na montanha Grande é Tua ob...

Ler artigo
ano do poema: 2005
publicado por poetaromasi às 00:00
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved

www.PRchecker.info