Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Quinta-feira, 20 de Maio de 2010

Encosta-te a mim de Jorge Palma

CEZANNE

 

 

 

Publico hoje um belo poema e de uma linda canção do excelente músico e poeta Jorge Palma.

Pena não poder colocar aqui a sua canção por motivos ligados aos direitos de autor.

 

ENCOSTA-TE A MIM

Jorge Palma

 

Encosta-te a mim,

nós já vivemos cem mil anos

encosta-te a mim,

talvez eu esteja a exagerar

encosta-te a mim,

dá cabo dos teus desenganos

não queiras ver quem eu não sou,

deixa-me chegar.

Chegado da guerra,

fiz tudo p´ra sobreviver em nome da terra,

no fundo p´ra te merecer

recebe-me bem,

não desencantes os meus passos

faz de mim o teu herói,

não quero adormecer.

 

Tudo o que eu vi,

estou a partilhar contigo

o que não vivi, hei-de inventar contigo

sei que não sei, às vezes entender o teu olhar

mas quero-te bem, encosta-te a mim.

 

Encosta-te a mim,

desatinamos tantas vezes

vizinha de mim, deixa ser meu o teu quintal

recebe esta pomba que não está armadilhada

foi comprada, foi roubada, seja como for.

Eu venho do nada porque arrasei o que não quis

em nome da estrada onde só quero ser feliz

enrosca-te a mim, vai desarmar a flor queimada

vai beijar o homem-bomba, quero adormecer.

 

Tudo o que eu vi,

estou a partilhar contigo o que não vivi,

um dia hei-de inventar contigo

sei que não sei, às vezes entender o teu olhar

mas quero-te bem, encosta-te a mim

 

Encosta-te a mim

Encosta-te a mim

 

Quero-te bem.

Encosta-te a mim.

 

 

(hoje pelas 21 horas no Pinhal Novo, na Biblioteca Municipal, há poesia e canto. Poemas de diversos poetas e canto do José Baião.)

Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 18:36
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 18 de Maio de 2010

III Feira de Saúde do...

(Óleo sobre tela Elisabete Sombreireiro Palma)(MAR REVOLTO) III FEIRA DA SAÚDE DE PINHAL NOVO 18 a 23 de MAIO de ...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 02:53
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?
Domingo, 16 de Maio de 2010

POESIA e exposição de...

CONVITEMOSTRA DE PINTURA DE ELISABETE SOMBREIREIRO PALMANa próxima segunda-feira, dia 18 de Maio de 2010,pelas 20 hora...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 02:15
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |  O que é?

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved