Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Teve mais de 3 milhões de visitas e mais de 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Sábado, 10 de Junho de 2017

Corria tanto...

1953maejaimeeu.jpg

 (Mercado de Santa Clara. Minha mãe, eu e o meu irmão)

 

CORRIA TANTO…

Rogério Martins Simões

 

Percorro estas memórias não distantes,

Com cores do meu tempo de menino

Revendo estas imagens como dantes

Trajando as velhas roupas de mansinho

 

Fugíamos à frente da polícia,

Num faz de conta d´um campo da bola,

Bola de trapos feita com perícia,

Escondida nos fundos da sacola.

 

Nesta calçada que recordo ser,

O nosso estádio que me viu crescer:                        

Crescem minhas lembranças e lá vai…

 

Não partas oh saudade sem mandato.

Tu és a minha poesia no prato

Chuta menino! O teu encanto não sai.

 Meco, 10/06/2017 00:20:48

 

A publicar no meu próximo livro de poesia

(De acordo com a Lei os direitos de autor estão protegidos, independentemente do seu registo.

(A registar no Ministério da Cultura - Inspeção-Geral das Atividades Culturais I.G.A.C. –

Processo n.º 2079/09)

publicado por poetaromasi às 00:44
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |
Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

CINEMA MUDO...

CINEMA MUDO… Rogério Martins Simões Pela nesga do sopé entra a manhã. Este frio que me dói, É o inverno a passa...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 00:16
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |
Sábado, 10 de Novembro de 2012

Versei-te o coração...

VERSEI-TE O CORAÇÃO Rogério Martins Simões Em poemas que te cantava, naqueles tempos de então, não via teu rosto...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 21:41
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (1) | favorito
 O que é? |
Quinta-feira, 25 de Outubro de 2012

Ausência

AUSÊNCIA Rogério Martins Simões Gritei, chamei por mim e não estava. Chorei, voltei a chamar, e não me vi: Era a a...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 21:46
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (2) | favorito
 O que é? |
Quinta-feira, 29 de Março de 2012

Amo-te Lisboa virada ...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 00:00
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |
Terça-feira, 6 de Dezembro de 2011

UM PÚCARO DE SAUDADE....

UM PÚCARO DE SAUDADE… Rogério Martins Simões Regressei à velha casa da aldeia, Procurei a chave que nunca serv...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 22:06
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |
Terça-feira, 23 de Junho de 2009

Arrepiam-me as lembra...

(Foto na antiga casa da Malhada, 1953 Da esquerda para a direita: Tia Soledade Simões tendo ao colo meu irmão, Jaime ...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 15:26
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |
Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2008

É NATAL

Foto da autoria da world Press Photo Contest É NATAL (Francisco Simões) É Natal, Mas talvez nem todos saibam, T...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:17
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (6) | favorito
 O que é? |
Segunda-feira, 24 de Novembro de 2008

Um sorriso de ternura

UM SORRISO DE TERNURA Rogério Martins Simões Um sorriso tanto de candura Aberto, secreto e luzidio A beleza que...

Ler artigo
ano do poema: 2004
publicado por poetaromasi às 00:00
link do post | ##COMENTAR## | favorito
 O que é? |
Sexta-feira, 7 de Novembro de 2008

O vento dispersava as...

De SENHORA DA ATALAIA O VENTO Dispersava AS MARCAS DAS SANDÁLIAS Rogério Martins Simões O tempo gasta as ...

Ler artigo
ano do poema: Hoje
publicado por poetaromasi às 00:33
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (1) | favorito
 O que é? |

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved

www.PRchecker.info