Este blog nasceu em 6 de Março de 2004

Mais de 3 milhões de visitas e 4 milhões de páginas visitadas- Obrigado



Quinta-feira, 26 de Junho de 2008

O BARCO PARTIA À VELA

 

 

 

 (óleo sobre tela Elisabete Maria Sombreireiro Palma)

 
 
 
O barco partia à vela
Rogério Martins Simões
 
Éramos dois loucos
apaixonados!
E descobríamos na noite
O que perdemos
desencontrados.
 
O dia não passava.
Ficávamos dispersos…
A noite desesperava
Entre danças e copos
E ficávamos submersos
No fogo dos nossos corpos
 
E soprávamos as areias do deserto
Para esconder a cidade
Que espreitava à janela.
 
Não havia tempo para as estrelas.
E o ardor soprava tanto:
Que o dia cinzento era branco
E o barco partia à vela…
 
01-11-2006 22:56
 
 
Poemas de amor e dor conteúdo da página
ano do poema: 2006 FAVORITO
Notas: In the Enchanted Garden\04 Butterfly Kevin Kern
publicado por poetaromasi às 19:35
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (5) | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 21 de Março de 2008

POESIA

(Óleo sobre tela - Elisabete Maria Sombreireiro Palma) (2008) POESIA OU TALVEZ NÃO EM DIA MUNDIAL DA POESIA! VI...

Ler artigo
ano do poema: 2008
publicado por poetaromasi às 00:00
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007

Segredos, meu amor

( Elisabete Sombreireiro Palma a pintar) Segredos, meu amor (Rogério Martins Simões) Segredos, meu amor Hoje ...

Ler artigo
ano do poema: 2004
publicado por poetaromasi às 23:19
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (4) | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 14 de Agosto de 2007

Foi numa madrugada de...

(A Dama com arminho Leonardo da Vinci) FOI NUMA MADRUGADA DE JULHO Rogério Martins Simões Foi numa madrugada de...

Ler artigo
ano do poema: 2007
publicado por poetaromasi às 14:45
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (5) | favorito
 O que é? |  O que é?
Domingo, 27 de Maio de 2007

Pior que a dúvida

(Óleo sobre cartão Elisabete Sombreireiro Palma) PIOR QUE A DÚVIDA Rogério Martins Simões Pior que a dúvida É o...

Ler artigo
ano do poema: 2005
publicado por poetaromasi às 21:16
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (4) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 24 de Maio de 2007

Dizer para quê?

(Óleo sobre tela Elisabete Sombreireiro Palma) DIZER PARA QUÊ? Rogério Martins Simões Dizer para quê? Falar par...

Ler artigo
ano do poema: 1979
publicado por poetaromasi às 19:36
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (4) | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 17 de Abril de 2007

DIÁSPORA

DIÁSPORA Rogério Martins Simões Gosto de viajar para casa! Regressar é um desejo de quem parte e não quer ir. Vou! ...

Ler artigo
ano do poema: 2007
publicado por poetaromasi às 00:00
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (4) | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 3 de Abril de 2007

Desafio ao poeta

(óleo sobre tela Elisabete Maria Sombreireiro Palma) DESAFIO AO POETA Rogério Martins Simões Iniciámos ju...

Ler artigo
ano do poema: 3/3/2007
Notas: Publicado em 3/4/2007
publicado por poetaromasi às 19:42
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (12) | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2007

Improviso da alma e d...

Improviso da alma e do poeta (Rogério Martins Simões) Dia a dia o desamor Quebra o sentido da vida Sofre-se em ...

Ler artigo
ano do poema: 2004 Favorito
Notas: Wayrapa - Muspuynin
publicado por poetaromasi às 00:14
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved