Quinta-feira, 4 de Abril de 2019

BRINCASTE COMIGO

destorcido.JPG

Imagem criada por mim ROMASI

Brincaste comigo

Rogério Martins Simões

 

Brincaste comigo, pensando que não sabia.

Antes fosse mistério, para mim, tanta tolice.

Depois levaste a sério o que sei e te disse

Agora que eu sei, o que de ti desconhecia…

 

Seguindo o teu critério não mais te veria.

Não seria mistério se não visse o que visse.

Brincaste comigo sem saber que se fugisse

Levava o que sei: que de ti nada saberia.

 

Campimeco, Meco, 04/04/2019 22:41:22

 

(Agora que dou por mim com tantas e terríveis privações na minha autonomia; Agora que quase já nem consigo segurar, manobrar o “rato” deste computado; agora que tenho quase pronto o meu 2º livro para o propor a uma editora; AGORA!?

Cabe-me a mim agradecer a todos vós amigos verdadeiros ou leitores da minha poesia, dedicando-vos este poema que acabo de escrever.

Esperança? Sim ainda a tenho e não irei desistir. Lutar? Sempre lutei. Força? Sorte? É a que tenho e seja o que Deus Quiser!)

Mas amanhã será outro dia. Até já.

ROMASI

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 23:23
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Quinta-feira, 4 de Abril de 2019

CLIVAGEM

CLIVAGEM Rogério Martins Simões Por que andais Com a Europa às costas Se não a podeis clivar? Aqui “Onde a terra se a...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 12:17
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Terça-feira, 2 de Abril de 2019

Dois olhares amadurec...

DOIS OLHARES AMADURECIDOS Rogério Martins Simões “Terna e doce recordação Nunca deixaste de me pertencer É meu, o teu...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 00:06
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Domingo, 31 de Março de 2019

Havia uma sombra...

HAVIA UMA SOMBRA Rogério Martins Simões Havia uma sombra, Que aos pés da minha cama, Todas as noites desafinava, - Dó...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:29
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Sexta-feira, 29 de Março de 2019

CANTO O IMPREVISTO

CANTO O IMPREVISTO (Rogério Martins Simões) Canto o imprevisto O que se espera e não espera Canto o que conto, e não ...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 21:50
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Domingo, 10 de Fevereiro de 2019

O FADO...

O FADORogério Martins Simões Quem da vida se não farte, e esperto, Acerta a arrogância e a postura; Pois dote de orad...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 15:46
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2019

HORAS LONGÍNQUAS

HORAS LONGÍNQUAS Rogério Martins Simões Regresso à Aldeia das horas longínquas. Das hortas vivas, das casas cheias, E...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:21
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Quarta-feira, 6 de Fevereiro de 2019

NASCI EM JULHO NUM DI...

NASCI EM JULHO, NUM DIA DE SOL. Rogério Martins Simões Às vezes eu sou uma ave planando ao vento; Outras vezes rujo f...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 18:18
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Sábado, 19 de Janeiro de 2019

UMA NOVA TÉCNICA PERM...

BOA NOITE; BOM DIA; BOA TARDE A TODOS OS COMPANHEIROS DIAGNOSTICADOS COM A DOENÇA DO PARKINSON Porque esta notícia tem...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:09
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Sábado, 12 de Janeiro de 2019

CONSTRUÇÃO

Foto de Rogério Simões CONSTRUÇÃORogério Martins SimõesPasso a passo,Passo em corrida o cansaço,Recordo como fui constr...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:31
link do post | ##COMENTAR## | favorito

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved © DIREITOS DE AUTOR