Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS DE AMOR E DOR

Livro de poesia GOLPE DE ASA NO SEQUEIRO Editado pela CHIADO EDITORA Poeta: Rogério Martins Simões Blog no Sapo desde 6 de Março de 2004 Livro de poesia POEMAS DE AMOR E DOR (Chiado books) já à venda

POEMAS DE AMOR E DOR

Livro de poesia GOLPE DE ASA NO SEQUEIRO Editado pela CHIADO EDITORA Poeta: Rogério Martins Simões Blog no Sapo desde 6 de Março de 2004 Livro de poesia POEMAS DE AMOR E DOR (Chiado books) já à venda

Poemas de amor e dor foram plagiados. O desaforo perdura e a amargura continua. Plágio do poema cobri de rosas

 

Caderno n.º 41

 

 

 

Nesta data, e depois do pedido que recebi, resolvi apagar parte deste post.
Rogério Martins Simões
24-06-2009 11:00:58

 

 
 
 
O meu poema “COBRI DE ROSAS”
 
COBRI DE ROSAS
(Rogério Martins Simões)
 
Cobri de rosas
A tua rosa
O teu botão.
Abri a rosa
Cortei a pétala
Pétala a pétala
Enchi o chão.
 
Mas se ao menos
O teu rosto sorrisse
E a tua boca
Dissesse palavras
De ternura:
Eu te daria
De novo rosas
Formosas
E em botão.
 
1987
 
(Caderno Uma Dúzia de Páginas de Poesia n.º 41)
(Poetas Almadenses)
(Registado no Ministério da Cultura
- Inspecção-Geral das Actividades Culturais I.G.A.C. –
Processo n.º 2079/09)
 
 
Como sabem este blog nasceu em 6 de Março de 2004, ano esse em que editei o meu poema, “Cobri de Rosas”, conforme registos que existem no Sapo e no Google.
Para que não restem dúvidas informo que este poema e mais 8 foram editados, e registados, em 27 de Março de 2004, no caderno n.º 41 “Uma Dúzia de Páginas de poesia de Rogério Simões”.
Na página 10, da “Colecção INDEX POESIS”, encontram este poema publicado em Cacilhas, no ano de 2004, pela boa amiga Ermelinda Toscano, com o apoio da Junta de Freguesia de Cacilhas, da Assembleia Distrital de Lisboa, do FAROL – Associação de Cidadania de Cacilhas e do SCALA – Sociedade Cultural de Artes e Letras de Almada
Quem pretenda o caderno com os nove poemas só têm que se dirigir à Redacção desta colecção, que funciona na Rua Trindade Coelho, n.º 4 – 1º Direito 2800-297 Almada, onde encontram este poema.
Qualquer dúvida consultar os POETAS ALMADENSES cujo link aqui mesmo está em POEMAS DE AMOR E DOR.
 
 
Poemas de amor e dor conteúdo da página

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved © DIREITOS DE AUTOR

2 comentários

Comentar post

Em destaque no SAPO Blogs
pub