Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

POEMAS DE AMOR E DOR

Livro de poesia GOLPE DE ASA NO SEQUEIRO Editado pela CHIADO EDITORA Poeta: Rogério Martins Simões Blog no Sapo desde 6 de Março de 2004 Livro de poesia POEMAS DE AMOR E DOR (Chiado books) já à venda

POEMAS DE AMOR E DOR

Livro de poesia GOLPE DE ASA NO SEQUEIRO Editado pela CHIADO EDITORA Poeta: Rogério Martins Simões Blog no Sapo desde 6 de Março de 2004 Livro de poesia POEMAS DE AMOR E DOR (Chiado books) já à venda




Os anos correm

 

 

Van Gogh

 

 

 

OS ANOS CORREM!
Rogério Martins Simões
 
Os anos correm!
O tempo passa…Lentamente,
Mas passa…
E quando vamos na pressa,
Vemos sem graça,
Que o tempo passa depressa.
 
Ontem fui menino!
Era noite, já era adulto!
Percorri o meu destino
Pois o passado já foi muito!
 
Oh! Como os meus cabelos mudaram!
Oh! Como o meu rosto crispou!
Como as minhas lágrimas choraram!
E a juventude me deixou!
 
Que importa se já sofri
A quem importa o que já chorei
Pois sempre eu me esqueci,
De mim, e tão tarde acordei!
Como os poemas que escrevi
E na manhã seguinte rasguei.
 
E não me tomem por louco!
Não dêem como certo!
Pois ser poeta é um pouco
Da loucura se estar perto.
Mas isso já eu sabia
Quando deixei a poesia:
Ser poeta é ser louco:
Voltei a escrever e já não queria!
 
19-07-2004 22:35:23
 

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página

Approbo um software contra o plágio

 

APPROBO UM SOFTWARE CONTRA O PLÁGIO
 
Por feliz coincidência, veio parar às minhas mãos uma notícia publicada em 15 de Maio de 2009 em  www.tvi24.iol.pt com o título “Approbo vai pôr fim ao plágio de trabalhos académicos”.
De acordo com o teor da notícia este programa permite detectar plágio em trabalhos académicos; é um software de uso grátis desenvolvido pela Symmetric, em Barcelona.
Como referi foi feliz coincidência. Quem conhece a minha poesia e visita o meu blog, “POEMAS DE AMOR E DOR” http://poemasdeamoredor.blogs.sapo.pt , conhece a luta que travo contra os meus plagiadores. Luta que determinou a minha actual decisão: não publicar mais poemas enquanto não mudarem os comportamentos daqueles que colocam o seu nome como autores da minha poesia. Daqueles que dão cabo dos meus poemas colando aqui e além pedaços dos mesmos.
 
APPROBO o SOFTWARE CONTRA O COPY-PAST
Voltando ao Software APPROBO, acedi a este link http://approbo.citilab.eu/
e subscrevi o serviço – é grátis. Seguidamente validei a mensagem recebida por correio electrónico e fiquei com acesso a este serviço gratuito.
 
APPROBO E A POESIA
Depois, testei os poemas que foram plagiados pelo meu plagiador “sombra” Hemilton Afonso e constatei que aquele programa ainda não consegue aceder a sites e a locais onde já acedi com o GOOGLE. Porém, descobri o meu soneto “AMO-TE LISBOA VIRADA AO TEJO” mais uma vez plagiado neste link e que não tinha conseguido detectar via Google.
 
http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20090118153627AAPsOki&r=w&show_comments=true&pa=FZB6NWHjDG3N56z6v_2wWvmSQ.FvB5YB_9XPcEUd6C2Fkppo4u2_UA--&paid=add_comment#openions
Continuei a testar outros poemas e o programa detectou de facto alguns locais onde publiquei aqueles poemas. Todavia, talvez devido ao formato do texto dos poemas, ainda não substitui o Google para procurar os meus poemas plagiados ou sem que tenham sido colocados os respectivos créditos.
 
APPROBO E OS TEXTOS
Quanto aos textos, e trabalhos que já editei, este programa localiza onde foram editados e se existirem plágios ele detecta e indica as respectivas partes plagiadas.
Conclusão:
Trata-se de uma novidade. Estou certo que outros poderosos motores, como o do Google, irão entrar na concorrência a este programa. Por meu lado aprovo este programa com reticências onde irei testar cerca de 300 poemas editados no meu blog POEMAS DE AMOR E DOR..
PLÁGIO OUTRAS FORMAS DE detectar
Finalizo deixando aqui outra forma para detectar o plágio:
Façam o seguinte:
Abram por exemplo o motor de busca do Google. Por exemplo neste link
http://www.google.pt/advanced_search?hl=pt-PT
Seguidamente, já na pesquisa avançada, procurem por um texto ou parte de um poema vosso e com mais uma só palavra obrigatória para não aparecerem demasiados resultados nulos.
 
Pronto é só abrirem os sites ou blogs e identificarem os plagiadores.
Para terminar dou um exemplo de busca directa. Por exemplo peguei no meu poema atrás citado AMO-TE LISBOA VIRADA AO TEJO e escrevi:
 
1º Uma palavra de um verso, por exemplo: CATIVA
2.º Um verso completo entre parênteses “JUNTARAM-SE OS TELHADOS ENFEITIÇADOS”
3 º Fica assim:  cativa “juntaram-se os telhados enfeitiçados”

 

 

CARREGUE è AQUI ç PARA VOLTAR AO POST INICIAL

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página

Lista de produtos perigosos RAPEX semana 15_2009

 

RAPEX POST
RAPEX Relatório Semanal: Semana 13, 2009
 
RAPEX UE é o sistema de alerta rápido para todos os produtos de consumo perigosos, com excepção dos produtos alimentares, farmacêuticos e dispositivos médicos.
Permite a troca rápida de informações entre os Estados-Membros e a Comissão das medidas tomadas para impedir ou restringir a comercialização ou a utilização de produtos que colocam um risco grave para a saúde e segurança dos consumidores. Ambas as medidas ordenadas pelas autoridades nacionais e as medidas tomadas voluntariamente pelos produtores e distribuidores são abrangidos pelo RAPEX.
O relatório inclui informações detalhadas sobre os produtos em causa, os riscos, o Estado-Membro notificante, bem como as medidas adoptadas em resposta. As imagens são incluídas, quando disponíveis,
Clique aqui para ler esta semana o relatório: RAPEX Relatório Semanal: Semana 13, 2009
http://ec.europa.eu/dgs/health_consumer/az_en.htm
Traduzido para português:
http://translate.google.pt/translate?u=http%3A%2F%2Fec.europa.eu%2Fconsumers%2Fdyna%2Frapex%2Fcreate_rapex.cfm%3Frx_id%3D230&sl=en&tl=pt&hl=pt-PT&ie=UTF-8
Por uma questão de cidadania, que mais não seja, sugiro que todas as semanas consultem o RAPEX e já agora o RASFF para terem conhecimento da quantidade e falta de qualidade de produtos que todos os dias invadem os nossos mercados.
Produtos alimentares RASFF ver:
http://ec.europa.eu/food/food/rapidalert/reports/week15-2009_en.pdf
Consuma e incentive o consumo dos produtos portugueses.
Sempre
Rogério Martins Simões
Regressar ao post inicial http://poemasdeamoredor.blogs.sapo.pt/142844.html
Poemas de amor e dor conteúdo da página

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved © DIREITOS DE AUTOR