Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

POEMAS DE AMOR E DOR

Livro de poesia GOLPE DE ASA NO SEQUEIRO Editado pela CHIADO EDITORA Poeta: Rogério Martins Simões Blog no Sapo desde 6 de Março de 2004 Livro de poesia POEMAS DE AMOR E DOR (Chiado books) já à venda

POEMAS DE AMOR E DOR

Livro de poesia GOLPE DE ASA NO SEQUEIRO Editado pela CHIADO EDITORA Poeta: Rogério Martins Simões Blog no Sapo desde 6 de Março de 2004 Livro de poesia POEMAS DE AMOR E DOR (Chiado books) já à venda




Abismo pátrio

 

 

Abismo pátrio

José Baião Santos

 

trago de volta a lua sonâmbula

de álamos e alma articulável

dois dedos fazem grande diferença

na forma de segurar uma criança

 

trago na consciência sinos bizarros, alarmes falsos

só de ver os palcos adoecer no leito dos versos

ser afinal um, entre pusilânimes e ascetas

que de tanto voar se diz descendente de profetas

 

trago nacos de fome dentro do alforge

para matar serpentes neste meu abismo solitário

e quando se ouvir o arrastar das correntes

já estarei livre de salafrários e de impotentes

 

para quê cuidar dos jardins

enrolar o sémen das palavras ao coração

fingindo que todas as estrelas permanecem deitadas

nas margens fósseis dos rios das levadas

 

estou prestes a cair - a qualquer momento

posso contrair uma lesão multicelular

exposta     Mas fiquem a saber que

me é tão indiferente rasgar as unhas ao nevoeiro

ou cantar à desgarrada

para salvar o que resta da pátria e da musa deificada

diante do busto inacabado dum poeta caeiro

 

 

 

Aquele abraço

7/03/2007

José Baião Santos

 

(correspondência entre poetas)

 

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved © DIREITOS DE AUTOR

1 comentário

Comentar post