Quarta-feira, 18 de Dezembro de 2019

ABRIGO...

National Geographic Photos.jpg

National Geographic Photos

ABRIGO…

Rogério Martins Simões

 

Cerquei o meu abrigo,

Com janelas voadoras

Para afastar o perigo

Das almas sonhadoras.

 

Da janela irrequieta,

Perto dos olhares sofridos,

Há uma porta secreta

Por onde passam os caídos.

 

Descalço as minhas meias

Para arrumar as ideias:

A paz percorre-me as veias.

O sangue tinge as areias:

O Mundo tem armas a mais!

 

É Natal

Um menino Nasceu em Belém

Querem matar o Menino

No colo de sua mãe

Estou tão só nesta luta…

Clamo por Deus que escuta

E Deus não vem!

Meco, 17/12/2019 23:55:33

 

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 00:08
link do post | ##COMENTAR## | favorito

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved © DIREITOS DE AUTOR