Sábado, 12 de Janeiro de 2019

CONSTRUÇÃO

IMG_0032a-EFFECTS.jpg

Foto de Rogério Simões

CONSTRUÇÃO

Rogério Martins Simões


Passo a passo,


Passo em corrida o cansaço,

Recordo como fui construindo

Este espaço, tão pequenino,

Porque troquei um abraço…

Esqueci o meu cansaço:

Era tão lindo o menino.


Hoje, Deus quis que escrevesse

Os passos importantes da minha vida.

Que importa recordar horas más,

Castelos de areia,

Que os meus passos

Foram deixando para trás...


Passo a passo,

Acelerei a corrida,

Trazendo para casa a vida

E de novo o meu espaço

Se preenche e se anima;

Era tão linda a menina.


Hoje, Deus

Que apenas me deu os passos…

Que só a espaços foram meus…

Entregou-me os meus meninos…


E se ao fim de tanto sofrer,

Voltei a ter uma fortaleza qualquer

Foi por estar sempre presente

Desde que nasceram até eles serem:

Um homem e uma mulher

Afinal…

Deus nunca se esqueceu de mim…

Lisboa, 1989

(Registado no Ministério da Cultura

Inspecção-Geral das Actividades Culturais I.G.A.C.

Processo n.º 2079/09)



Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 23:31
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved © DIREITOS DE AUTOR