Domingo, 29 de Setembro de 2019

POEMAS DE AMOR E DOR (FINALMENTE EM LIVRO)

IMG_0629.JPG

POEMAS DE AMOR E DOR

 

Hoje 24 de Setembro de 2019 perto das 13 horas recebi os meus livros do meu novo livro de poesia. Assim:

Por se ter agravado o meu estado de saúde e estando o meu último livro pronto, cumpre-me informar que apesar de ainda não ter marcado o dia e a hora do seu lançamento, por informação da Editora, passarei a divulgar o meu segundo livro “POEMAS DE AMOR E DOR”.

O projeto que tinha planificado para este livro não se concretizou, apesar de ter passado um ano a trabalhar nele. Só quem passa pela doença de Parkinson conhece as dificuldades que a todo o momento vão aparecendo. Darei como exemplo o não conseguir manusear corretamente o “rato” apesar de tudo tenha tentado fazer para impedir que os dedos deixem de apertar ao mesmo tempo, sem eu querer, o botão direito do “rato”. Mas muitos mais dificuldades se juntam tendo atingido os meus limites desde muito cedo. Foi para me obrigar a concluir este livro que optei por me desafiar a mim mesmo, remetendo os poemas à Editora. Deste modo, só com a paciência daqueles com que ia contactando ao longo destes últimos 5 meses foi possível concluir o julgava impossível. Existem algumas falhas, e desde já peço desculpa. Mas tudo fazer sem ajuda de ninguém, e na minha situação, não mais terei coragem para tal.

Finalmente direi que contando com a ajuda de alguns amigos tentarei apresentar o livro numa tarde de Outubro em local a anunciar,  mas disso darei conta logo que possível.

Tudo de bom para todos.

Rogério Martins Simões 

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 22:32
link do post | ##COMENTAR## | favorito

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved © DIREITOS DE AUTOR