Terça-feira, 23 de Julho de 2019

TANTO POR TÃO POUCO

Tanto por taopouco.JPG

TANTO POR TÃO POUCO

Rogério Martins Simões

 

Recordo aquele dia

Que pertence ao passado

E que passado tão pouco

Passou a ser lembrado

 

Quem foi o louco

Que deitou fogo a tão pouco

E tão depressa

Passou a ser triste fado?

Meco, 23/07/2019 22:00:02

Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 22:27
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Sábado, 29 de Julho de 2017

QUE COMER DO QUE REST...

QUE COMER DO QUE RESTA DA ALDEIA? Rogério Martins Simões Fogo! Não venha comer as minhas ovelhas. Fogo! Só sei apag...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 01:40
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Quarta-feira, 10 de Agosto de 2016

Incendiário

Foto do Exmo Padre Pedro Incendiário Rogério Martins Simões Incendiário, Que contrato fizeste com a natureza se ...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 22:55
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Segunda-feira, 10 de Setembro de 2012

Incendiário

Incendiário Rogério Martins Simões Incendiário, Que contrato fizeste com a natureza Se na ira… queimas o que respi...

Ler artigo
tags:
publicado por poetaromasi às 16:43
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Quinta-feira, 26 de Julho de 2012

Terra queimada

TERRA QUEIMADA Rogério Martins Simões Pegara na caneta e pusera de parte o olhar. Diria, quem o visse, que era um ...

Ler artigo
tags: ,
publicado por poetaromasi às 20:23
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Sábado, 30 de Julho de 2011

SOS FLORESTAS - Video

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:14
link do post | ##COMENTAR## | favorito

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved © DIREITOS DE AUTOR