Quinta-feira, 2 de Janeiro de 2020

MOIRA TÃO BELA

NGM1995_05p116-7.jpg

MOIRA TÃO BELA

Rogério Martins Simões

 

Moira encantada, e tão bela.

Assim recordam aquela

Que tanta beleza escondia…

Dizem que as águas do mar

Pararam p´ra a ver passar

Enquanto o Tejo dormia.

 

Quando da barca desceu,

Lisboa em festa lhe deu

Um castelo com mesquita.

Daí que se diga agora:

Numa colina lá mora

Essa moira tão bonita.

 

Junto à cisterna do monte

Corre sempre água da fonte

Ninguém sabe d´onde vem.

Dizem que nasceu no rio:

A letra de um fado vadio

Que as mouras cantam também…

 

Onde o Tejo beija o mar,

Alguns param p´ra escutar,

Sete colinas de fadas.

São beijos desta cidade:

Sete morros de saudade

E mouras tão encantadas…

Meco, 05/08/2017

24/10/2019 21:13:18 (Direitos de autor reservados)

Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 19:52
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Terça-feira, 28 de Maio de 2019

MULHER

MULHER Rogério Martins Simões De formosa te chamaram, E tão cativos ficaram, Presos, num feitiço qualquer. Feiticei...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 22:57
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Quinta-feira, 8 de Março de 2018

DIA INTERNACIONAL DA ...

SÓ! Rogério Martins Simões Só! Todos já saíram. Só! Estou a reparar: Nos cabelos brancos E numas quantas marcas No...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 21:06
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Terça-feira, 8 de Agosto de 2017

MOIRA ENCANTADA E TÃO...

MOIRA ENCANTADA E TÃO BELA Rogério Martins Simões Moira encantada, e tão bela, Ainda se diz por aquela, Por quem ta...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 00:07
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Quinta-feira, 16 de Março de 2017

Bendita sejas mulher

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 21:25
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Quarta-feira, 8 de Março de 2017

DIA INTERNACIONAL DA ...

ROSA DE ALFAMA (A ROSEIRA NÃO SERÁ ESQUECIDA) (Romasi) Rogério Martins Simões A Rosa, Rosa das escuras ruas de Al...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 12:49
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2017

Só!

SÓ! Rogério Martins Simões Só! Todos já saíram. Só! Estou a reparar: Nos cabelos brancos E numas quantas marcas No ...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 00:50
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (1) | favorito
Sábado, 22 de Maio de 2010

Saber amar

SABER AMARRogério Martins Simões No profundo silêncio em que me deito. Na sublime atitude como me olhas E...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 00:16
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (1) | favorito
Domingo, 11 de Abril de 2010

A Inveja é a glória d...

A INVEJA É A GLÓRIA DOS FRACOS... Depois de 6 anos a partilhar convosco a minha poesia, nada lucrando, recusando of...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:28
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Domingo, 22 de Fevereiro de 2009

Olhar não é pecado

(foto da NGeographic) OLHAR NÃO É PECADO… Rogério Martins Simões Rapaz enamorado um colo não deixa! Ve...

Ler artigo
ano do poema: 2007
publicado por poetaromasi às 20:22
link do post | ##COMENTAR## | Ler comentários (1) | favorito

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved © DIREITOS DE AUTOR