Sábado, 30 de Junho de 2018

O BARCO PARTIA À VELA

barcos (20).JPG

 

O barco partia à vela

Rogério Martins Simões

 

Éramos dois loucos

Apaixonados!

E descobríamos na noite

O que perdemos

Desencontrados.

 

O dia não passava.

Ficávamos dispersos…

A noite desesperava

Entre danças, copos

E ficávamos submersos

No fogo dos nossos corpos.

 

E soprávamos as areias do deserto,

Para esconder a cidade

Que espreitava à janela…

 

Não havia tempo para as estrelas...

E o ardor soprava tanto:

Que o dia cinzento era branco

E o barco partia à vela…

 

01-11-2006 22:56

 (Registado no Ministério da Cultura

Inspeção-Geral das Atividades Culturais I.G.A.C.

Processo n.º 2079/09)

(Próximo livro)

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 23:28
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Segunda-feira, 15 de Junho de 2015

ERA UMA VEZ

ERA UMA VEZ Rogério Martins Simões - Mãe conte-me uma história - Meu filho, a mãe está cansada, fica para amanhã....

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 22:30
link do post | ##COMENTAR## | favorito

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved © DIREITOS DE AUTOR