Terça-feira, 25 de Fevereiro de 2020

O MEU FADO MAGOADO

Guitarra.jpg

O MEU FADO MAGOADO

Rogério Martins Simões

 

O meu fado magoado

Passa o dia a noite inteira

A trinar numa guitarra

O meu fado que é tão triste

Percorre as velhas tabernas

Bebendo por todo o lado.

 

Se tarde tarda a noite

Acorda num sobressalto

Toda a minha fantasia

Das ruas do Bairro Alto

Corro a ver ao Castelo

Para de lá nascer o dia.

 

Há sempre numa viela.

Há sempre no meu olhar

Tanta vida, tanta fama

Um pintor com sua tela.

Um puto no seu andar

Nas ruas tristes de Alfama.

 

Agora que rompeu o dia

Adormece num vão de escada

Este fado madrugado

Desde a Bica à Mouraria

Escrevem mais poesia

Porque afinal à noite há fado.

Lisboa 9/2/1979

(O direito de autor é reconhecido independentemente de registo,

depósito ou qualquer outra formalidade

artigo 12.º do CDADC. Lei 16/08 de 1/4)

(A registar no Ministério da Cultura

- Inspeção-Geral das Atividades Culturais I.G.A.C. –

Processo n.º 2079/09)

 

 

 

Poemas de amor e dor conteúdo da página
publicado por poetaromasi às 22:57
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Quinta-feira, 2 de Janeiro de 2020

MOIRA TÃO BELA

MOIRA TÃO BELA Rogério Martins Simões Moira encantada, e tão bela. Assim recordam aquela Que tanta beleza escondia… D...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 19:52
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Quinta-feira, 24 de Outubro de 2019

Moira tão bela

MOIRA TÃO BELA Rogério Martins Simões Moira encantada, e tão bela. Assim recordam aquela Por quem tantos sofreram. Di...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 22:53
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Sábado, 17 de Agosto de 2019

Na estação dos acenos...

“Quando se chega à minha idade, sei que o comboio está a chegar à estação. Não sei se vai com grande atraso ou com gran...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 18:00
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Quarta-feira, 4 de Julho de 2018

CONTINUO MINHA MÃE A ...

CONTINUO MINHA MÃE A CRESCER Rogério Martins Simões Continuo minha mãe a crescer, Cresço e já não posso desistir....

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:33
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Sábado, 30 de Junho de 2018

O BARCO PARTIA À VELA

O barco partia à vela Rogério Martins Simões Éramos dois loucos Apaixonados! E descobríamos na noite O que perdemos...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:28
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Terça-feira, 26 de Junho de 2018

NEM UMA SÓ PALAVRA PE...

Nem uma só palavra perdida Rogério Martins Simões Nem uma só palavra perdida! Nem um só gesto desmedido! É como um ...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 19:53
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Domingo, 2 de Abril de 2017

Perseguição

PERSEGUIÇÃO Rogério Martins Simões Não! Não me soltem as letras destes versos Nem me pendurem num tempo breve Basta...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 23:40
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Quarta-feira, 22 de Março de 2017

A POESIA É ETERNA

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 21:03
link do post | ##COMENTAR## | favorito
Domingo, 19 de Março de 2017

TRILOGIA POÉTICA - A ...

Ler artigo
publicado por poetaromasi às 20:48
link do post | ##COMENTAR## | favorito

amrosaorvalho.gif

MEIO HOMEM INTEIRO
Rogério Simões
 
Meia selha de lágrimas.
Meio copo de água
Meia tigela de sal
Meio homem de mágoa.
Meio coração destroçado
Meia dor a sofrer.
Meio ser enganado
Num homem inteiro a morrer.
11/4/1975

Todos os poemas deste blog, assinados com pseudónimo de ROMASI ou Rogério Martins Simões, estão devidamente protegidos pelos direitos de autor e registados na Inspecção-Geral das Actividades Culturais IGAC - Palácio Foz- Praça dos Restauradores em Lisboa. (Processo 2079/2009). Solicita-se a quem os copiou alterando o nome, não respeitando o texto ou omitindo o seu autor que os apague ou os reponha na fórmula original com os respectivos créditos. Se apreciou algum destes poemas e deseje colocar em blog para fins não comerciais deverá colocar o poema completo, indicando a fonte. Obrigado

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados. All rights reserved © DIREITOS DE AUTOR